Vereador sofre ameaças após áudio divulgado em processo de Impeachment

0
776
Foto: Vereador Bernardo Santiago / Divulgação.
Foto: Vereador Bernardo Santiago / Divulgação.

Itacoatiara – Na manhã desta sexta-feira, 11 de Setembro, o Vereador Bernardo Santiago divulgou em sua rede social que foi agredido verbalmente e sofreu ameaças, durante Convenção do Partido Trabalhista Cristão (PTC), no Município de Itacoatiara (269km de Manaus).

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

De acordo com o Parlamentar, a pessoa que o ameaçou foi identificado como Evandro, Ex-Conselheiro e atual motorista do Prefeito de Itacoatiara, Antônio Peixoto (PT). Bernardo salientou que a situação foi motivada mediante o áudio divulgado pelo Vereador Alcimar Filho durante sessão plenária, destacando o envolvimento de um empresário do Município tentando induzir Santiago a votar contrário ao processo de impredimento n° 001/2020, que investigava o Prefeito Antônio Peixoto por denúncia de supostos crimes de improbidade administrativa e corrupção, além de desobediência a ordem judicial e prejuízo ao erário. Processo este arquivado, por oito votos contrários ao impedimento.

Mediante a ameaça, o Vereador Bernardo registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Itacoatiara e publicou em sua rede Social.

Foto: Boletim de Ocorrência, Vereador Bernardo Santiago
Foto: Boletim de Ocorrência, Vereador Bernardo Santiago

Previsto no Código Penal Brasileiro, Art. 147, o crime engloba ameaças verbais, escritas ou por qualquer outro meio empregado para causar mal estar ou apreensão nas vítimas. A pena é de detenção de seis meses a um ano, ou multa. O crime de menor potencial ofensivo, se negligenciado, pode gerar consequências graves.

A matéria está disponível para atualização, caso o homem identificado apenas como Evandro, apresente sua versão.
Whatsapp (92) 99429-3162.

Deixe uma resposta