Funcionários do Hospital Nilton Lins negam atendimento à paciente em estado grave

0
115

O Hospital Nilton Lins, inaugurado no último sábado (18), na Capital Manaus, abriu as portas para receber pacientes do novo coronavírus, sem estrutura completa para casos graves como Unidade de Terapia Intensiva (UTIs), ainda inativadas por falta de equipamentos específicos, conforme relatado em inspeções do Ministério Público (MP) e o Conselho Regional de Medicina, logo após a sua Inauguração, que foi caracterizada como “simbólica”.

Este vídeo divulgado pelos envolvidos em redes sociais, mostra uma cena desesperadora em frente ao Hospital de Retaguarda Nilton Lins, onde familiares suplicam por atendimento para uma pessoal que está passando mal, o qual foi negado pelos funcionários, por segundo os próprios afirmarem não poder atender. “Não podemos atender, aqui só atende casos de covid-19 e risco biológico”, afirmam.

Mesmo sendo negado, os familiares e a motorista da qual está filmando indignada, suplicam por socorro à vitima, observasse o filho da paciente aos prantos implorando por atendimento à sua mãe, que após perceberem o estado crítico e pela cena desesperadora, os funcionários resolvem socorrer a mulher, que foi praticamente arrastada para dentro do Hospital. Ela não resistiu e foi a óbito. Até o momento à direção da Unidade Hospitalar não se pronunciou sobre o caso.

Vídeo: Divulgação

Deixe uma resposta