Festa clandestina é barrada pela PM; Organizador anuncia nova data; Polícia Civil está a procura do vulgo “Lucrécia”

0
1492
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Anuncie sua empresa conosco. Clique aqui!
Anuncie sua empresa conosco. Clique aqui!

Através de denúncia, Policiais Militares do 2° Batalhão de Polícia Militar (2° BPM) encerraram uma festa clandestina, na tarde do último sábado, 09 de Janeiro. De acordo com denunciantes, na festa estava “rolando” muita diversão, bebidas alcoólicas e adolescentes sem máscara de proteção. O evento foi realizado em uma casa, na Rua 28, bairro Mutirão, no instante que Unidades de saúde passam por dificuldades no enfrentamento ao Covid-19, no Município de Itacoatiara (269km de Manaus).

Anuncie sua empresa conosco. Clique aqui!
Anuncie sua empresa conosco. Clique aqui!

A festa privada contava com mais de 100 pessoas, entre a maioria adolescentes, menores de idade. Em um vídeo divulgado na Internet, o intitulado organizador do evento, vulgo “Lucrécia”, ressaltou que todos que adquiriram o ingresso estavam cientes do decreto vigente e que a possibilidade era muito grande da festa ser barrada pela Polícia. Ainda em seu discurso, “Lucrécia” diz ter acesso a uma lista de nome das pessoas que adquiriram sua entrada e estará lançando uma nova festa clandestina, entregando pessoalmente o ingresso e informando o novo local da resenha.

Anuncie sua empresa conosco. Clique aqui!
Anuncie sua empresa conosco. Clique aqui!

A Polícia Civil de Itacoatiara está, agora, a procura do vulgo “Lucrécia” para depor na Delegacia e responder por seus atos infracionais contra a saúde pública, descumprindo decreto vigente que proíbe aglomeração e consumo de bebidas álcoolicas em locais públicos e privados.

Conheça a Faculdade Católica Paulista. Clique Aqui.
Conheça a Faculdade Católica Paulista. Clique Aqui.
Conheça a Drogaria Rio Amazonas. Clique Aqui.
Conheça a Drogaria Rio Amazonas. Clique Aqui.
Conheça a Cirurgiã Dentista Simara Moreira. Clique Aqui.
Conheça a Cirurgiã Dentista Simara Moreira. Clique Aqui.

Deixe uma resposta