Aliados de Bolsonaro defendem prorrogação do auxílio de R$ 600

0
130

bolsonaro guedes 09052020081303318

Alguns integrantes do governo do presidente Jair Bolsonaro começaram a defender a prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600, inicialmente previsto para durar três meses.

A medida, segundo fontes do Planalto, mira no aumento da popularidade de Bolsonaro entre as camadas mais pobres da população.

Apesar do apoio de aliados mais próximos, a equipe econômica resiste a ideia. Com as contas públicas no vermelho, a avaliação é de que seriam necessários recursos equivalentes a 8% do PIB (Produto Interno Bruto) — soma de todos os bens e serviços produzidos no País — para ampliar a ajuda por mais meses.

Deixe uma resposta