“Nem Galinha, nem Pato!” Vereador Bernardo Santiago vota favorável ao processo de Impeachment

0
566

Durante a sessão de Julgamento do processo n° 001/2020, que discorre o Impeachment do Prefeito de Itacoatiara, Antônio Peixoto (PT), o Vereador Alcimar Filho divulgou um áudio, em que, o Vereador Bernardo Santiago estaria sendo “pressionado” a votar contra o processo de impedimento. O áudio divulgado trata-se, conforme destacado por Alcimar Filho, de um empresário do Município de Itacoatiara pedindo “troca de favores” para o parlamentar votar contra o relatório, além de solicitar que o mesmo não negociasse com o “pessoal do vice”, supostamente referindo-se ao Vice-Prefeito, Gustavo Brás, o qual assumiria a Prefeitura de Itacoatiara, caso Antônio Peixoto fosse cassado. O suposto empresário destaca que teria um “negócio” bom para o Vereador Bernardo, caso votasse contra o processo de impedimento.

Foto: Vereador Alcimar Filho. Divulgação.
Foto: Vereador Alcimar Filho. Divulgação.

Diante a repercussão, chamou a atenção o áudio, a premeditação deste suposto empresário, destacando “06 ou 07 parlamentares” dados como certos para votação contrária ao impeachment, processo este que ainda seria julgado, mas já teria voto suficiente para ser arquivado, e se Santiago não votasse contrário “não vai ter nada”, relatou o suposto empresário.

Conforme o áudio, a pessoa ressalta que após o parecer contrário ao processo de impedimento, deixaria à disposição do vereador para escolher o que quisesse do Prefeito de Itacoatiara, caso contrário, ficaria sem nada “Ae nem Galinha e Nem Pato para ti”, destacou.

Foto: Vereador Bernado Santiago. Divulgação.
Foto: Vereador Bernado Santiago. Divulgação.

Durante a votação, o Vereador Bernado Santiago votou favorável ao impedimento do Prefeito Antônio Peixoto.

Alcimar Filho explicou o motivo de tornar público o áudio. “Para que as pessoas vejam, como é que estar o nível, aonde nós chegamos, o nível da política e da corrupção dentro de Itacoatiara”, relatou.

Procurado Bernardo Santiago, não conseguimos contato com o parlamentar. Durante a sessão de julgamento não se manifestou, apenas no momento da votação do parecer, ficando aberto este espaço para manifestação.

Francisco Rosquildes repudiou o áudio do parlamentar e informou que estará tomando as medidas cabíveis.

“Falta de respeito, eu vou querer prova disso, e Vossa Excelência vai encontrar comigo la na Justiça, pois V. Exª. vai informar se eu recebi algum valor”, e concluiu “sair daqui vou abrir um Boletim de Ocorrência.

Questionado pelo Portal LCJ, o Prefeito de Itacoatiara, Antônio Peixoto (PT) destacou não ter envolvimento com o caso, e diz não ter orientado ninguém para comprar votos.

“Essa pergunta não é para mim, Eu não tenho participação, eu não tenho envolvimento, essa resposta a Câmara tomara o encaminhamento que ela desejar, numa outra instância, do Ministério Público e Judiciário, ae se entenderem que eu tenho algum envolvimento, vão mandar me citar, e eu vou dizer como este, eu não tenho participação alguma, orientação alguma e não tenho envolvimento algum”, finalizou o Prefeito.

Em instantes matéria sobre a sessão de julgamento que, por maioria, arquivou o processo de impedimento do Prefeito Antônio Peixoto.

Deixe uma resposta