Policiais invadem por engano residência onde acontecia uma live musical

0
570

20200726 220139 01

Na tarde deste domingo, 26, uma transmissão ao vivo do grupo de pagode chamado “Aglomerou” foi interrompida por um tiroteio. A live era gravada em uma casa em Angra dos Reis, no interior do Estado do Rio de Janeiro.

Os fãs da banda assistiam à transmissão ao vivo no YouTube quando começaram os disparos. Policiais armados entram em cena. É possível ouvir ordens para que pessoas deitem no chão, enquanto os músicos se abaixam. Vários tiros são disparados.

Sem entender de onde vinham os tiros, os músicos interromperam a apresentação e se abaixaram para não serem atingidos.

 Após a interrupção, os músicos gravaram um vídeo em que comunicam o cancelamento da live.

 “Estamos bem, está tudo bem. Estava acontecendo uma operação policial numa casa bem perto aqui do espaço. ocorreu esse fato, mas está todo mundo bem. não tem problema nenhum com quem estava na live. a gente vai remarcar porque a gente está sem clima. Os policiais entraram por engano”, disse o músico João Vitor Costa.

Nas redes sociais, fãs do grupo comentaram o fato inusitado. “Entrei na live tinha uma cara se arrastando no chão entendi nada kkkkk que doideira”, escreveu um seguidor.

Engano?

Segundo comentários de usuários no Twitter, a ação pode ter acontecido por engano. Em um segundo vídeo, postado nos comentários da publicação original, imagens dentro da casa onde a live acontecia mostram os possíveis policiais comentando que o alvo seria “outra casa”.

O objetivo da ação seria prender um miliciano que estaria participando de uma festa duas residência depois de onde era feita a transmissão, o que pode ter causado o engano. Veja no vídeo abaixo:

 Leia a íntegra da nota da Polícia Civil:

“Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), realizaram uma ação no município de Angra dos Reis, na tarde deste domingo (26/07), referente a uma investigação da especializada. Os policiais checavam informação de uma casa onde estaria sendo realizada uma festa desde ontem com criminosos foragidos da Justiça.

Com a aproximação dos agentes, alguns criminosos correram em direção a um mangue e efetuaram disparos em direção aos policiais, que ainda tentaram localizá-los, sem sucesso.

Todas as pessoas que estavam na festa foram autuadas por descumprimento de medida sanitária preventiva, com base no artigo 268 do CP. No local os agentes encontraram frascos de lança prefume e indícios de consumo de drogas. Algumas pessoas que estavam na festa também possuíam anotações criminais por diversos crimes como tráfico de drogas, roubo e associação criminosa, mas sem mandados pendentes.

Na casa ao lado, onde estava sendo realizada a diligência, ocorria uma live de um grupo musical, que foi interrompida para evitar que alguém pudesse ser ferido durante a ação.”

Com informações do Correio 24 Horas

Deixe uma resposta