‘Japonês da Federal’ é condenado a perda do cargo e multa de R$ 200 mil

0
462
Foto: Divulgação / 'Japonês da Federal' foi condenado por facilitação de contrabando pela fronteira Brasil-Paraguai, em Foz do Iguaçu.
Foto: Divulgação / ‘Japonês da Federal’ foi condenado por facilitação de contrabando pela fronteira Brasil-Paraguai, em Foz do Iguaçu.

O ex-agente da Polícia Federal (PF) Newton Ishii, o “Japonês da Federal”, foi condenado por facilitação de contrabando pela fronteira Brasil-Paraguai, em Foz do Iguaçu, de acordo com informações do UOL. Ele ficou famoso pelas aparições ao lado de presos notáveis da Operação Lava Jato.

Segundo a reportagem, ele perderá o cargo e ainda terá que pagar uma multa de R$ 200 mil.
Embora ele tenha se aposentado em 2018, não é a Justiça que irá decidir a cassação da aposentadoria, que pode vir a ser atingida neste caso.

Segundo a decisão do juiz Sérgio Luis Ruivo Marques, da 1ª Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu (PR), a conduta de Ishii foi de “extrema gravidade, com afronta direta a dignidade da função pública por ele exercida”.

A ação aponta que ele se “escondeu por trás do aparato institucional voltado ao combate do crime na fronteira, para facilitar o contrabando/descaminho, o que impede que o agente, após tal fato, prossiga atuando como agente policial”.

Deixe uma resposta