Câmara aprova projeto de Lei que valida diplomas de pós-graduação stricto sensu concluídos no exterior

0
377
Foto: Reprodução / Vereadores e Professores na Câmara Municipal de Itacoatiara.
Foto: Reprodução / Vereadores e Professores na Câmara Municipal de Itacoatiara.

A Câmara Municipal de Itacoatiara promulgou o Projeto de Lei n° 409 que valida diplomas dos cursos de pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado), feitos em Países pertencentes ao Mercosul e do tratado de Haia.

Foto: Reprodução / Vereadores e Professores na Câmara Municipal de Itacoatiara.
Foto: Reprodução / Vereadores e Professores na Câmara Municipal de Itacoatiara.

A Lei decretada e tornada público em sessão na última segunda-feira, 22, é de autoria do Vereador Aluísio Isper Netto, que destacou a importância do reconhecimento dos profissionais da educação que se empenham em aprimorar seus conhecimentos no exterior.

Foto: Divulgacão / Verador Aluísio Isper Netto, autor do Projeto de Lei n° 409.
Foto: Divulgacão / Verador Aluísio Isper Netto, autor do Projeto de Lei n° 409.

“Hoje nós promulgamos a Lei n° 409, que trata do reconhecimento dos profissionais que estudam pós-graduação, mestrado e Doutorado Stricto Sensu, nas faculdades que fazem parte do Mercosul em Portugal e do tratado de Haia. Itacoatiara passa a reconhecer os cursos desses profissionais que tanto lutam para sua graduação e com esse reconhecimento, valorização do profissional da educação, mas uma vez a Câmara Municipal em favor do profissional da educação”, ressaltou o vereador A.I Neto.

Foto: Divulgação / Professora Maria Nonata.
Foto: Divulgação / Professora Maria Nonata.

Durante a sessão, a professora Maria Nonata evidenciou a conquista do reconhecimento por parte dos Vereadores da Cidade.

“Hoje nós tivemos uma grande vitória, que foi a promulgação da Lei que nos dá o direito pelo reconhecimento dos diplomas adquiridos nos cursos feitos no Mercosul, isso é uma luta que vem sendo travada a muito tempo. E hoje, a Câmara entendeu, apoiou e nós conseguimos. Isso fortalece nosso interesse em sair do País para estudar, constamos que vale a pena e que sirva de incentivo aos outros colegas”, falou a professora.

Nas redes sociais, professores comemoravam a conquista.

FB IMG 1592935985535

“Agora sim! Lei promulgada, direito garantido.
MESTRA DE FORMAÇÃO, DE FATO E DE DIREITO E DE RECONHECIMENTO. Futura Doutora em Educação e Neurociência. Vitória da Educação!”, concluiu a Mestra Suelen Maia.

Deixe uma resposta